Blog

06-09-2019

Dados sobre a velocidade dos veículos em vias urbanas

Um dos assuntos que de forma recorrente gera debates, está relacionado a velocidade máxima dos veículos,  que deve ser adotada nas vias onde há um maior fluxo de veículos. 

Isso porque se por um lado a diminuição da velocidade das vias, podem reduzir drasticamente o número de acidentes. 

Por outro, as medidas de redução de velocidade podem ocasionar também uma maior volume de trânsito impactando diretamente os aspectos de mobilidade urbana do município.   

Nesta leitura,  vamos falar sobre alguns dos principais dados relacionados a velocidade das vias urbanas e os efeitos em relação ao trânsito e aos acidentes. 

Conheça alguns dos principais dados relacionados ao assunto

Apesar de ser um assunto que impacta diretamente o cotidiano dos motoristas e da população de um modo geral. Há relativamente poucos estudos relacionados aos impactos da redução da velocidade máxima nas vias urbanas  em especial nas grandes cidades. 

No entanto, um dos estudos realizados pela EMBARQ Brasil, em 2015 aponta os impactos da redução de limite de velocidade em áreas urbanas aqui no Brasil, e em outros países.

  • De acordo com o estudo,  Brasil é o 4º no ranking de países onde há maior índice de mortes no trânsito.
  • A quantidade expressiva de acidentes, também impacta diretamente os cofres públicos. Em 2012 foram gastos cerca de R$ 39 bilhões com custos relacionados diretamente aos acidentes de trânsito.

O estudo ainda aponta, que não é necessário adotar grandes medidas para minimizar os acidentes de trânsito. Pois de acordo com estudos, estima-se que uma redução de 5% da velocidade nas vias,  pode oferecer uma redução de até 30% nos acidentes fatais.     

Quais os outros efeitos em relação ao redução de velocidade e aos acidentes?

Em 2011, durante Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) a Década de Ação pela Segurança do Trânsito, que vai de 2011-2020 . Onde os governos de inúmeros países se comprometeram a adotar medidas para reduzir os acidentes de trânsito. 

Dentre as medidas sugeridas pela ONU, está a redução para o limite máximo de velocidade em vias urbanas para 50KM/h e para 30KM/h em locais de grande circulação de veículos. 

Mais de 114 países já adotaram essas recomendações. E na Austrália, com a redução de 60 KM/h para 50KM/h nas vias urbanas resultou em uma prevenção de 2.900 acidentes com vítimas por ano. 

Aspectos negativos da redução da velocidade

Embora seja bastante indiscutível os aspectos positivos da implementação da redução de velocidade nas vias urbanas. É importante refletir também acerca dos impactos negativos, que essas medidas podem proporcionar. 

Um desses aspectos mais evidentes é o aumento no volume no trânsito, em especial nos horários considerados de “pico”, onde há uma maior incidência de veículos nas vias. 

Nesse sentido, é necessário criar ações em conjunto com o sistema de inteligência de trânsito do município, e realizar parcerias com o estado, Governo Federal e outras organizações,  a fim de adotar medidas que sejam de fato eficientes para a redução de acidentes e que não ofereçam grandes impactos para trânsito. 

Como conhecer melhor esses estudo pode contribuir para um trânsito mais eficaz 

O primeiro passo para adotar medidas mais eficientes de redução da velocidade, é buscando estudos de ações que já tenham dado certo e fazendo levantamentos baseado na realidade do seu município, a fim de implementar soluções que sejam condizentes com a realidade local . 

Tornar a cidade mais segura, para os motoristas, mas também para os ciclistas e pedestres é de fundamental importância. Nesse sentido continue acompanhando outras informações relevantes em nosso blog e se mantenha sempre bem informado.

Related Posts

Deixe um comentário